Voltar
22 MAIO, 2020
Por: Get Compactos

Compactos: A tendência que virou realidade

A vida agitada e o trânsito cada vez mais complicado vêm mexendo com o mercado imobiliário nacional já faz alguns anos: as pessoas querem evitar os deslocamentos e, assim, poupar tempo.

A solução para isso é morar perto do trabalho, mas se é impossível trazer o escritório para perto de casa, é muito mais fácil levar a casa para perto do trabalho e é isso que muitas pessoas têm feito. Mas como morar perto de grandes centros se elas “não têm espaço”?

A resposta é simples: apartamentos compactos. Antes apontados como uma tendência, hoje eles já se provaram mais do que isso e são uma realidade.

Um dos públicos que mais têm adquirido este tipo de empreendimento são jovens empresários, geralmente solteiros, que abrem mão do espaço em troca da comodidade de morar perto dos escritórios nos quais passam a maior parte de seus dias. Em muitos casos, inclusive, o apartamento compacto não é a “casa principal do proprietário”, mas sim apenas uma espécie de base avançada para os dias de semana. Aos sábados e domingos, retornam. Essa situação é atraente principalmente para àqueles que têm famílias em cidades próximas e que querem evitar a viagem diária.

Centros empresariais não são o único foco dos empreendimentos com apartamentos compactos. Residenciais próximos a universidades, eixos de transporte público e até mesmo hospitais tendem cada vez mais a seguir essa tendência.

Desejados também por quem está começando a vida

apartamentos_compactos_0000_lancamento-praca-sao-paulo-living-do-apartamento-de-53m2-opcao-cozinha-americana-23

O ditado “Quem Casa Quer Casa” se encaixa perfeitamente nos apartamentos ditos compactos. Muitos casais optam por este tipo de empreendimento como sua primeira residência após a união. Como no caso de profissionais, a localização é um dos principais fatores nesta escolha: bem localizados, estes apartamentos permitem que a nova família evite gastos que ocorreriam caso morassem em bairros mais afastados. O carro, por exemplo, pode ser deixado de lado quando se mora perto de uma linha de metrô.

Com a preocupação das prefeituras e órgãos públicos em geral em cada vez mais revitalizar e melhorar os grandes centros, essas regiões oferecem cada vez mais serviços essenciais que antes não existiam por ali. Soma-se isso às áreas de lazer e serviço dos prédios, cada vez mais completas, e os apartamentos compactos revelam-se ideais.

 

Fonte: Blog Lopes

Compartilhe

Voltar

Artigos relacionados

Continue lendo e mantenha-se atualizado com nossas novidades